quarta-feira, 15 de maio de 2019

TARAUACÁ: PROFESSORES E ESTUDANTES VÃO ÀS RUAS EM PROTESTO CONTRA CORTES NA EDUCAÇÃO E REFORMA DA PREVIDÊNCIA


Com faixas, cartazes e gritando palavras de ordem , Trabalhadores em Educação, em sua maioria professores, estudantes e representantes de movimentos sociais de Tarauacá, foram às ruas do município na manhã desta quarta feiras, 15 de maio, em adesão à PARALISAÇÃO NACIONAL DA EDUCAÇÃO. O movimento foi encabeçado pelo Sinteac e reuniu milhares de pessoas em protesto contra os cortes de verbas da educação e a reforma da previdência proposta pelo governo federal. 


Protestos em defesa da educação realizados em todo o país são contrárias aobloqueio de recursos de cerca de 30% do orçamento de despesas para custeio das universidades e institutos federais anunciado pelo Ministério da Educação (MEC), sob comando do ministro Abraham Weintraub. De acordo com a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), greves e atos foram convocados e estão sendo realizados para todos os estados do Brasil.



Obras da Prefeitura de Rio Branco a todo vapor!


Gonzaga sobe na tribuna é só não chama Alysson Bestene de Santo: “Não é falta de dinheiro, é falta de gestão”

O deputado revelou que ligou para o secretário, mas ele não teria atendido a ligação e quando atendeu, disse que estava em reunião na Casa Civil. “Como ele tá na Casa Civil se o Ribamar tá aqui na Aleac?”, questionou Gonzaga.
O parlamentar lembrou ainda que a única ambulância do município do Jordão está há nove meses sem funcionar. “Ninguém resolve. Diziam que não era falta de dinheiro, era falta de gestão. E o que está acontecendo?”, pontuou Gonzaga lembrando ainda que a direção da Maternidade de Cruzeiro do Sul está há 5 meses sem receber salários.
“Isso tem que mudar. Secretário tem que ouvir o governo, tem que seguir o governo. Ele não é dono de cargo”, esbravejou Gonzaga.
O discurso do deputado tucano foi elogiado pelos deputados Roberto Duarte, Jenilson Leite e Edvaldo Magalhães.

quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

Estado do Acre terá o prazo até 24 de dezembro para aderir a placa do Mercosul



Foi divulgado na edição do Diário Oficial da União (DOU) a Resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) que estabelece o cronograma para os Estados fazerem a mudança das novas placas de veículos no modelo Mercosul.
A resolução traz ainda a atualização de que não será mais necessário o brasão do município e a bandeira do Estado na placa. A decisão irá simplificar a mudança, além de gerar economia para o proprietário do veículo.
Segundo o cronograma, o Acre terá o prazo até 24 de dezembro pra aderir a nova placa veicular. O prazo máximo para alguns Estados será até o dia 31 deste mês.
Confira o cronograma:
Até 10 de dezembro:
Amazonas, Espírito Santo, Goiás, Pernambuco e Rondônia.
Até 17 de dezembro:
Bahia, Rio Grande do Norte e Rio Grande do Sul.
Até 24 de dezembro:
Acre, Alagoas, Maranhão, Paraná e Piauí.
Até 31 de dezembro:
Amapá, Ceará, Distrito Federal, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.
Fonte: Ac24Horas

terça-feira, 4 de dezembro de 2018

“Se ele não cumprir o acordo estamos fora”, diz Petecão



O senador Sérgio Petecão (PSD) chutou o balde. Disse que se Gladson Cameli não cumprir o que lhe prometera há um mês, ele e seu partido, o PSD, estão fora do governo que se inicia em janeiro.
Cameli, segundo Petecão havia lhe prometido os setores da produção e agricultura, mas agora estaria voltando atrás depois que o PSDB resolveu pressionar e indicar um nome. Petecão enxerga uma quase traição que tem pelo meio um bico tucano.
“Se ele não cumprir o que nós acordamos, nós estamos fora do governo. Nós não temos nada contra as indicações do governador. Nós só queríamos que fosse cumprido o que ficou acordado, pois o que ficou acordado foi que a pecuária e a produção, incluindo a Seaprof, seria do PSD e agora eles não querem cumprir. Eu não tenho nada contra as indicações dele, não. Mas eu sou um dirigente partidário e as pessoas do meu partido ficam me cobrando, me esperando. Há uns 30 dias atrás nós sentamos com o Gladson e isso nos foi prometido, mas a agora a informação que nós temos é que ele estaria passando pra outro partido”, disse o senador.
Toda essa celeuma passa pela indicação do PSD e a pressão interna do PSDB. Petecão teria escolhido o deputado Jairo Carvalho que não tem qualquer qualificação para ser o secretário do setor. O agrônomo Nilton Craveiro, servidor de carreira do setor da produção do governo, seria o nome preferido de Petecão, porém não aceitou assumir o cargo. Gladson, que na campanha promotera tornar o Acre um estado aberto para o agronegócio, quando soube da indicação do senador do PSD resolveu repensar a partilha dos cargos para a agricultura. Por esse meio já estava o PSDB, que tem o vice-governador eleito Major Rocha e a deputada federal eleita Mara Rocha, que é ligada ao setor agrícola do Acre e teria indicações a fazer.
Gladson, então, distanciou o PSD da agricultura e ofereceu a Petecão a sucateada Cohab.
“Eu pra mim mesmo não quero nenhum cargo. Eu já tenho o cargo de senador. O que eu quero é tentar estruturar o partido e contemplar o pessoal do nosso partido. Até porque o PSD foi único partido que esteve com o Gladson sempre pronto na campanha quando o PMDB tentou questionar e até o próprio PP”, encerra o senador.
Fonte: Ac24Horas

Detran será comandado por pessoa de perfil técnico com formação em administração

O administrador Anderson Abreu de Lima foi confirmado pelo governador eleito Gladson Cameli como o novo diretor-presidente do Detran a partir de janeiro de 2019.
Além de graduado em Administração, Anderson cursa especialização em Gestão Pública.
Ele já atuou como administrador no ramo privado e como gerente de Tecnologia da Informação no setor empresarial. Também exerceu cargos de assessoria parlamentar na Assembleia Legislativa do Estado do Acre (Aleac) e na Câmara dos Deputados.
Cameli disse, ao confirmar o nome que vai comandar o Detran, que a escolha de Anderson segue o mesmo critério técnico de pré-nomeação dos membros do primeiro escalão do governo que inicia em janeiro.
“A população confiou em nosso projeto, portanto, precisamos trabalhar pelo desenvolvimento do nosso estado”, destacou.
O anúncio definitivo de Anderson Abreu joga por terra toda a especulação em torno de Rudilei Estrela, candidato a deputado federal derrotado nas eleições de outubro, que chegou na ser cotado para assumir o cargo por ser apadrinhado do prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro.
Fonte: Ac24Horas


TARAUACÁ: PROFESSORES E ESTUDANTES VÃO ÀS RUAS EM PROTESTO CONTRA CORTES NA EDUCAÇÃO E REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Com faixas, cartazes e gritando palavras de ordem , Trabalhadores em Educação, em sua maioria professores, estudantes e representantes ...