terça-feira, 19 de abril de 2011

O Pior cego é “aquile”(s) que não quer ver


Devido a postagem neste Blog com relação à situação precária de muitas ruas  do nosso município, tem se tornado motivo  para comentários maliciosos de alguém que se identifica por “aquiles”. Usar pseudônimo para fazer a defesa de quem quer que seja é no mínimo medo de dizer quem é. Usar o espaço de comentários no blog para dizer o que quer sem se identificar é muito fácil queria ver colocando a cara para ser reconhecido.

Como me identifico e criei um espaço para postar noticias, reflexões, criticas quanto a forma de conduzir as coisas nessa cidade, fica evidente que as pessoas me conheçam, agora criar um nome fantasia, usar o espaço do outro para tecer comentários irônicos e com único fim de atingir o outro é falta de coragem para se identificar.

Gostaria que não usassem este blog para fazer picuinhas e intrigas maléficas a conduta de quem quer que seja. Não precisa usar a Internet e o espaço dos outros para fazer duelos sobre quem fez mais ou quem fez menos por Tarauacá. Quando posto uma matéria sempre coloco do lado uma foto para mostrar aquilo que estou postando. Só em não respeitar a opinião dos outros se pode medir o tamanho do desespero de quem apoia uma administração falida e recheada de vícios. Toda vez que achar que postar uma nota com relação às péssimas condições das ruas dessa cidade irei postar, não é com desdém de pessoas que não se identifica que irei parar. Se bem que o Ministério Público poderia investigar com mais profundidade quem são esses que se escondem atrás de um PC.  O trapiche da “vila mocotó”, no bairro da praia esta caindo e ainda não foi pro chão de vez por que há intervenção dos moradores que precisam constantemente se deslocar para cumprir com suas responsabilidades.  As ruas pavimentadas do bairro novo, através de convencia com CEF, foram feitas as presas em pleno inverno e na maioria delas já se encontra com afundamento e sem contar com a largura de 6 metros, quando o recomendado seria o mínimo de 7 metros. Incentivo a produção rural inexiste, escoamento da produção, se olharmos por um cubo fechado realmente as coisas estão avançando, mas, se olharmos com os olhos abertos iremos ver que esses avanços ainda não chegaram por aqui.        

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Termina Prazo para Vistoria de Veículo de Leílão

O 2º Leilão Público de Veículos do município de Tarauacá, que foi realizado no dia 06 de julho, no auditório da Escola de Ensino Médio ...