quarta-feira, 28 de março de 2012

CRUELDADE: colono mata, esquarteja e oculta o cadáver do próprio irmão

O sumiço da vítima chamou a atenção da vizinhança, devido a forte presença de urubus na propriedade dos irmãos.
 
Ângela Rodrigues, da Agência ContilNet
Na delegacia, ele contou com riqueza de detalhes o assassinado do próprio irmão/Foto: Juruá Online
Na delegacia, ele contou com riqueza de detalhes o assassinado do próprio irmão/Foto: Juruá Online

Esboçando um sorriso no rosto, o colono Jorge Batista de Oliveira, 58 anos, confessou ter matado o próprio irmão, Gerônimo de Oliveira, 48 anos, com golpes de machado na cabeça. O crime teria sido praticado, após desentendimento pela venda de porcos.
Em seguida, ele detalhou com frieza que carregou o corpo da vítima para o matagal e com um facão decepou os braços e decapitou a vítima.
Os irmão viviam da lavoura e da criação de pequenos animais, numa comunidade do Ramal 3, BR-364, em Cruzeiro do Sul.


Leia mais aqui

O autor do bárbaro crime contou que ambos deram início a uma discussão quando seu irmão teria sacado um facão e por isso revidou com golpes de machadada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Termina Prazo para Vistoria de Veículo de Leílão

O 2º Leilão Público de Veículos do município de Tarauacá, que foi realizado no dia 06 de julho, no auditório da Escola de Ensino Médio ...