quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Fuso: 73% da população de Rio Branco está insatisfeita com a volta do horário, aponta pesquisa


horario



 
 Há pouco mais de dois meses, o fuso horário do Acre e de alguns municípios amazonenses voltou a ser de duas horas a menos de diferença, em relação ao de Brasília, e três horas durante o horário de verão. Para 34,4% da população de Rio Branco, consideram conveniente o fuso horário atual com 2 horas de diferença ao horário oficial de Brasília - DF, defendendo que o horário da forma atual, retoma o costume tradicional da população do Acre com relação ao horário do resto do país. É o que aponta pesquisa realizada pela Fecomércio/AC no período de fevereiro, através do Instituto de Pesquisas Empresariais - Ifepac.


De acordo com dados da pesquisa, a população acredita que a forma atual devolve o costume do acriano em despertar com o dia já claro, além dos que avaliam a situação como um direito democrático do povo. Outros 65,6% dos entrevistados que consideram inoportuno o retorno para 2 horas com relação ao horário oficial de Brasília, defendem que já haviam se acostumado com o horário anterior (1 hora com relação a Brasília – DF).
 
Foi avaliado também o conforto pessoal com o retorno de 2 horas e 49% demonstram satisfação com a mudança e 51%, afirmam haver piorado, tendo em vista aspectos de impossibilidade de conciliação de horários de trabalho de escola. 73% da população entrevistada se diz favorável ao retorno do fuso horário local para 1 hora com relação a Brasília.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário