quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Acre: o endereço do peixe na Amazônia

Imprimir E-mail

Escrito por Samuel Bryan   
09-Fev-2011
Governo do Estado planeja criar uma forte e importante rede para a piscicultura
visita_piscicultores_foto_gleilson_miranda_00.jpg
visita_piscicultores_foto_gleilson_miranda_01.jpg
"O Acre tem as melhores características para produzir peixes: calor o ano inteiro, água em abundância”, disse o vice-governador César (Foto: Gleilson Miranda/Secom)
“O Acre tem as melhores características para produzir peixes: calor o ano inteiro, água em abundância e terra boa”, disse o vice-governador César Messias durante a visita da equipe de governo aos piscicultores do Estado. Desde domingo, 6, representantes do governo visitam produtores no interior, tendo passado por Mâncio Lima, Cruzeiro do Sul, Rio Branco, Bujari, Xapuri e regiões de entorno, onde conheceram a piscicultura de cada região, suas particularidades e como potencializar o que já existe.

Cada região produtora do Acre tem características próprias, como em Cruzeiro do Sul, que está  em avançado processo de reprodução de alevinos, com espécies que em Rio Branco não são reprduzidas. Já o Bujari é atualmente o maior polo de piscicultura do Acre, envolvendo o maior número de espelhos d’água. Ao todo, só no ano passado foram produzidas três mil toneladas de peixe vindo de criadouros acreanos.

Mais do que tudo isso, o investimento na piscicultura é uma das prioridades do governador Tião Viana, promessa de campanha que começa a ganhar cada vez mais espaço. Um grande esforço para intensificar a criação de tanques e montar polos de indústria para abastecer o mercado local, além de exportar o peixe acreano para o mundo inteiro através da Zona de Processamento de Exportação, a ZPE.

Leia mais no portal do governo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vende-se Uma Casa em Tarauacá