sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Tião Viana festeja 31 anos do PT ao lado de Lula e Dilma

Sex, 11 de Fevereiro de 2011 01:07 Agazeta

E-mail Imprimir PDF
 Uma grande festa com vela, bolo e muitas idéias e compromissos para o governo Dilma Rousseff fazer pelo país mais e melhor do que fez o governo Lula. Assim foi a festa de aniversário de 31 anos de existência do Partido dos Trabalhadores, que reuniu ontem em Brasília a presidente Dilma Rousseff, o ex-presidente Lula, o governador Tião Viana, o senador Aníbal Diniz, o deputado federal Sibá Machado, o presidente do PT estadual, Léo do PT, e mais ministros, governadores e prefeitos do partido por todo o país.
35-PT

“Nós escolhemos a Dilma para fazer mais e melhor do que fizemos”, disse Lula falando na mesa do lotado Teatro dos Bancários, após 40 dias fora do governo, “mas fazendo parte dele”, conforme fez questão de ressaltar em seu discurso de improviso, interrompido muitas vezes por aplauso. Nas muitas histórias de sucesso que viveu com o PT, nos últimos 31 anos, Lula, que voltou a ser ontem presidente de honra do partido, contou aquela em que foi procurado pelos acreanos Chico Mendes e João Maia para fundar o PT no Acre.

Após ser cumprimentado pela presidente Dilma, Lula e demais lideranças nacionais petistas, o governador Tião Viana disse que a festa do PT é um momento de emoção porque se trata do partido da solidariedade ao povo brasileiro. “O nosso partido fez o debate nacional para mostrar que a maioria do povo brasileiro pode ser lembrada pelos poderosos, pelos governantes. E conseguiu fazer isso na prática nas prefeituras, nos governos estaduais e na Presidência da República”, disse Tião, ao lembrar que acompanhou o nascimento do PT em Belém, no Pará, onde fazia Faculdade de Medicina, era líder estudantil e participou da construção do partido.

O governador destacou, ainda, que o PT é grande porque colocou a solidariedade como o seu referencial de construção histórica, como referencial de formação. Tião Viana disse que, com Lula, o PT mudou a história dos direitos sociais, a história da política de empregos e a história das relações internacio-nais do Brasil. “O Lula é o grande líder da história do PT”, completou.

Por fim, Tião Viana ressaltou que o futuro do partido será consolidar as responsabilidades que está assumindo no país, que são cada vez maiores. “Um partido, que tem cinco governadores, tem 14 senadores, quase uma centena de deputados federais e tem as maiores responsabilidades no governo da nossa presidenta Dilma, tem uma carga de desafios muito maior nos ombros, que dividimos com a militância e com os sonhos do povo brasileiro”, disse. Para sugerir, em seguida: “acho que um grande caminho para o futuro do partido é chamar a juventude que está com 16 a 25 anos para fazer a nova caminhada do Partido dos Trabalhadores no Brasil”.

Leia mais em AGazeta

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Termina Prazo para Vistoria de Veículo de Leílão

O 2º Leilão Público de Veículos do município de Tarauacá, que foi realizado no dia 06 de julho, no auditório da Escola de Ensino Médio ...