terça-feira, 22 de março de 2011

Primeiro lote de ovelhas e carneiros é entregue hoje

E-mail Imprimir PDF
IMG_7516
Cada produtor local receberá 12 fêmeas e 1 macho
Começa a ser distribuído hoje, no Tartesal do Parque de Exposições Marechal Castelo Branco, o primeiro lote de ovelhas e carneiros vindos da Bahia. Trinta produtores serão contemplados pelo Governo do Estado com doação direta das 390 matrizes nessa primeira fase do programa oficial de estímulo à criação de ovinos e caprinos. São doze fêmeas e um reprodutor recebidos por propriedade.
Para fazer parte do programa, é feita uma triagem técnica por uma equipe da Secretaria de Estado de Agropecuária. O proprietário interessado em adquirir as matrizes deve ter o que os técnicos da Seap chamam de “estrutura mínima”: aprisco (local adequado para o animal dormir, sem presença de água e umidade) e pasto. Inicialmente, seis municípios fazem parte do programa, Sena Madureira, Plácido de Castro, Porto Acre, Senador Guiomard e Rio Branco. Ao adquirir os animais, o produtor assina um termo se comprometendo a devolver, em até dois anos, as crias das matrizes iniciais com idade entre 6 e 8 meses.
No programa de incentivo à produção de ovinos e caprinos, o Governo do Estado investe R$ 2,5 milhões com aquisição, transporte e distribuição de 8 mil animais (7,4 mil fêmeas e 600 machos). O governo estadual garante que vai ter condições de fiscalizar o processo de criação.
Podridão dos cascos - Calor e umidade, elementos muito presentes na região, são dois fatores que proporcionam o surgimento de uma bactéria nos cascos dos animais. A doença mais comum é conhecida pelo termo inglês “foot rot”. Os cascos dos animais apodrecem com o acúmulo da umidade. O animal fica estressado, tem dificuldades em se alimentar e, em casos mais extremos, anda de joelhos.

fonte: Agazeta

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vende-se Uma Casa em Tarauacá