sexta-feira, 15 de abril de 2011

Acre reduz em 22% número de vítimas em acidentes

Dados se baseiam no primeiro trimestre de 2011, em relação ao mesmo período de 2010


(Por Igor Martins)
As fiscalizações e educação de trânsito do Detran, aliadas aos trabalhos desenvolvidos por toda a segurança pública estadual, começam a surtir efeitos positivos para a população acreana. O balanço feito no primeiro trimestre da administração do governador Tião Viana aponta para a diminuição no número de acidentes de trânsito com vítimas fatais em 22% em todo o Acre.
Esse índice é satisfatório, considerando o crescimento da frota de veículos e de pessoas habilitadas que no período de março de 2010 apresentava, respectivamente o número de 138.587 e 155 mil. Hoje, em circulação pelas ruas e estradas acreanas encontram-se 159.604 veículos, 112.415 desse total apenas no município de Rio Branco.
“Os dados são bastante animadores, mas ainda não estamos satisfeitos. O governo do Estado vai continuar investindo na educação e fiscalização dos condutores, pedestres, ciclistas e até mesmo das crianças, que daqui muitos anos estarão conduzindo seus veículos também. É inadmissível hoje que vidas sejam ceifadas no trânsito e por isso vamos continuar trabalhando para diminuir ainda mais essa estatística e tornar as vias acreanas mais seguras”, diz a diretora do Detran, Sawana Carvalho.
Recentemente, o governador do Estado, Tião Viana, afirmou que as imprudências cometidas no trânsito vitimam um milhão de pessoas por ano e deixam 250 mil portadores de deficiências físicas. Além disso, explicou também que o Brasil gasta, em média, R$ 4 milhões em despesas com saúde aos acidentados. “O problema do trânsito não termina nos acidentes que ele causa. Continua com os filhos que ficam órfãos, com as famílias que não têm como pagar uma fisioterapia ou perdem os chefes que garantiam o sustento da casa”, declarou.


fonte: detran-ac

Nenhum comentário:

Postar um comentário