segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Aperto de Outros

Um grande número de pessoas que procuram a Denfessoria Pública no muicípio vem aumentando a cada dia. Como acontece em outros municípios os prédios onde estão instalado esse importante órgão público, que atende as pessoas que não têm condições financeiras para pagar advogado, não oferecem as condições mínimas para receber essas pessoas.
Formam logo cedo uma grande fila – onde eles mesmo se organizam por ordem de chegada – e ficam na espera para que seja aberto o portão para que possam subir até o segundo piso, onde finalmente começa o atendimento. O que deixa as pessoas revoltadas é que não existe um local adequado para que possam esperar pelo atendimento. “temos que esperar abrir aqui mesmo na calçada, temos que ficar de pé esperando para ser atendido”, falou uma pessoa que estava na fila.
Não é somente o prédio da Denfessoria Pública que não oferecem condições físicas para melhor atender a população mais carente de nosso município. Outros órgãos públicos tanto do Estado quando da Prefeitura não tem essa preocupação com os contribuintes mais pobres. Alguns blogs já mostraram matérias relacionadas a postos de saúde que as pessoas têm que aguarda atendimento do lado de fora porque não tem uma sala de espera climatizada para melhor conforto de quem procura resolver problema de saúde.
Criar condições para um bom atendimento é dever do Estado, e nesse caso o governo do estado deveria trazer para o interior um bom projeto que está dando certo na capital que é a chamada OCA (Centro de Atendimento ao Cidadão), reunindo em um mesmo lugar vários serviços. A Implantação da OCA em Tarauacá amenizava e muito a vida do cidadão.




Nenhum comentário:

Postar um comentário