quinta-feira, 22 de setembro de 2011

MOVIMENTO NA POLÍTICA DE TARAUACÁ COMEÇA A SE INTENSIFICAR


Devido às repercussões da reunião realizada no ultimo dia 15 de setembro, pela maioria dos partidos que compõem a FPA de Tarauacá, exceto o PC do B que resolveu articular conversas com a atual prefeita Marilete Vitorino, sem se importar com os demais partidos. Isso gerou descontentamento com as direções dos partidos da FPA.
Na oportunidade o médico Dr. Jasone, colocou seu nome a disposição dos referidos partidos para que pudesse ser analisado, sem nenhum tipo de imposição, as conversas começaram a partir do momento em que o líder do governo deputado Moisés Diniz (PC do B), fez algumas conversas em nome do governo e da tão propalada unidade da FPA. Com isso gerou uma séries de boatos pela cidade e que deixou os demais partidos preocupados.
Baseados na presunção de que o candidato do governo e consequentemente da FPA já estava definido a oposição através do deputado federal Flaviano Melo (PMDB), telefonou para o Dr. Jasone Silva convidando para se filiar ao PMDB e que inclusive havia a possibilidade de dar-lhe legenda para concorrer ao pleito eleitoral do ano que vem. Em conversa com Jasone Silva recentemente o mesmo confirmou a intenção da oposição em tê-lo como possível candidato em 2012, e prometeram organizar uma comitiva com vários políticos de oposição para vir a Tarauacá manter uma conversa mais formal em relação ao assunto. “tenho dedicado boa parte de minha vida a esse projeto da FPA, para que agora que tenho mais vontade ainda de ser candidato vir pessoas ligadas ao governo dizer que o candidato aqui em Tarauacá será decidido pelas lideranças da FPA em nível de Estado e do governo, o meu desejo de ser candidato não pode e naturalmente não é uma imposição minha, nas reuniões do meu partido (PT) tenho me colocado a disposição assim como na reunião com os demais partidos que compõem a Frente Popular de Tarauacá”. Concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário