domingo, 4 de setembro de 2011

Soldados da borracha pressionam autoridades por pensão digna

Soldados_da_Borracha


O Ginásio do Sesi, em Rio Branco, será o ponto de encontro de milhares de soldados da borracha e seus familiares, no próximo dia 10. Eles se juntarão em assembléia convocada pelo sindicato acreano da categoria, que também representa todos os aposentados.

Será um momento esperado por todos para chamar a atenção da classe política no Acre, onde mora a metade dos 12 mil soldados da borracha cadastrados no Ministério da Previdência Social.
O que se espera desta grande reunião é que, na prática, todos os 24 deputados estaduais, os 8 federais, os 3 senadores e os vereadores rio-branquenses sejam sensibilizados a ajudar na pressão para o Congresso Nacional votar logo a PEC que eleva a pensão dos ex-seringueiros. Também estão convidados o governador Tião Viana, o prefeito da capital, Raimundo Angelim, representantes das justiças estadual e federal e da Defensoria Geral da União, além do superintendente regional do INSS, Elias Evangelista, e representantes do sindicato nacional dos aposentados.

A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB/AM), autora da PEC, que também estará em Rio Branco, disse que “já tem quase uma década de espera por uma resposta do legislativo. A angústia destes honrados brasileiros só aumenta. É hora de mudar isso”, opinou a senadora. “O parlamento estadual acreano dará apoio incondicional a estas pessoas”, disse o presidente da Assembléia Legislativa, deputado Elson Santiago. Ele também estará presente.

O apelo dos seringueiros será revelado numa carta aberta aos parlamentares e ao governador. “Vamos sugerir que eles assinem o documento num sinal de compromisso. Espero sinceramente que sejamos atendidos”, comentou Luziel Carvalho, coordenador da comissão organizadora do evento.

Atualmente, o maior reconhecimento aos soldados da borracha é a inclusão de seus nomes no Livro dos Heróis da Pátria, fruto de uma lei de autoria da deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB), sancionada pela presidenta Dilma Rousseff no mês passado. O ato para formalizar a inscrição dos ex-seringueiros como heróis brasileiros está marcado para o dia 16 de novembro, e também oficializará o nome do sindicalista assassinato Chico Mendes nos anais do Panteão da Pátria e da Liberdade. Este será o primeiro ato após a reforma do monumento que leva o nome do ex-presidente Tancredo Neves.

“As vezes a gente se cansa de brigar sozinha. Preciso de ajuda, afinal falta muito pouco para fazer justiça a essa gente. Só iremos vencer este desafio com o envolvimento de todos. É questão de honra inclusive da Bancada Federal lutar por esse reajuste”, comentou a deputada, que é autora de um relatório aprovado, em comissão especial, que equipara o benefício ao que é pago aos ex-combatentes de guerra. A deputada, que confirmou presença na assembléia do dia 10, também garantiu, num voto apensado à PEC, uma gratificação natalina no mesmo valor da aposentadoria.

O documentário “Soldados da Borracha”, de autoria do cineasta acreano César Garcia Lima, será exibido. A peça mostra a vida de quatro cidadãos de diferentes origens, todos moradores do Acre, e narra a luta deles por uma aposentadoria melhor.

A justificativa assinalada na PEC, já aceita pelas comissões do Congresso Nacional, diz o seguinte: “após relevantes serviços prestados aos país, na defesa da Pátria e da Segurança Nacional, os seringueiros recrutados para trabalhar na Amazônia, no período que durou a Segunda Guerra Mundial, estão vivendo de forma quase miserável, sem terem reconhecidos de forma realmente merecedora os seus atos de heroísmo. Hoje lutam para ter garantido os mesmos direitos que os ex-combatentes de guerra conseguiram na Constituição Federal de 1988”. (Assessoria)

fonte: agazetadoacre.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Termina Prazo para Vistoria de Veículo de Leílão

O 2º Leilão Público de Veículos do município de Tarauacá, que foi realizado no dia 06 de julho, no auditório da Escola de Ensino Médio ...