sábado, 17 de novembro de 2012

Ministério Público pede a cassação do prefeito reeleito de Senador Guiomard

Fábio Pontes, do site Agazeta.Net
 
O Ministério Público Eleitoral ajuizou representação pedindo a cassação do prefeito reeleito de Senador Guiomard, James Gomes, do PSDB, e da vice-prefeita Maria Raimunda Rodrigues. Eles são acusados de compra de voto na eleição de outubro.
Segundo o promotor eleitoral Wendy Takao Hamano, após o dia da votação, eleitores procuraram a promotoria para denunciar que receberam dinheiro para votar nos candidatos citados.
A oferta era feita por cabos eleitorais do candidato tucano. Segundo as testemunhas, a quantia ofertada variava entre R$ 50 e R$ 150. Era exigida a apresentação do título de eleitor para que fosse anotado o número de seção em que o eleitor iria votar.
Uma das testemunhas disse que recebeu do próprio prefeito James Gomes a quantia de R$ 300 para que votasse nele. Outro denunciou que durante a campanha, o candidato esteve na comunidade da Bonal, localizada na zona rural, e prometeu a construção de um poço de água em troca de apoio político. Além disso, canos e caixas d’água e uma roçadeira chegaram a ser doados, segundo a denúncia.
 
fonte: agazeta.net

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vende-se Uma Casa em Tarauacá