sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

ESSA POSTAGEM É SÓ PARA LEMBRAR QUE ESSA BAGUNÇA QUE SE TRANSFORMOU O TRÂNSITO EM TARAUACÁ, NÃO É NORMAL. PIOR, NINGUÉM CHAMA A RESPONSABILIDADE PARA SI

AHHHHHHHH, mas o Palazzo é muito radical, será que ele não vê que nós estamos fazendo trabalho com as crianças nas escolas e que isso é um problema que se resolve em longo prazo? Vejo sim e até daria os parabéns se eu notasse que está surtindo algum efeito. Já há anos ensinam crianças como se portar no trânsito, mas mesmo assim quase atropelei uma semana passada que vinha no sentido contrário (CONTRAMÃO), da padaria Acreana passando bem em frente adivinhem onde? Ao 7º Batalhão de Polícia Militar e ninguém fala absolutamente nada. E isso não foi uma nem duas vezes que eu presenciei não.

Também em um lugar que não tem placa de informações descentes e quando as têm estão na altura errada, esperar o que?

Outro dia um inconsequente vinha em alta velocidade e pegou duas crianças (DOIS ALUNOS UNIFORMIZADOS, DESSES QUE TÊM AULA DE TRÂNSITO NA ESCOLA), que estavam atravessando a rua em local errado. A título de curiosidade, só para vocês ficarem sabendo, ficou a marca da cabeça dela no para brisa, e não se pode nem multar uma pessoa dessas por excesso de velocidade, porque simplesmente não tem placa de limite de velocidade. E os condutores? Quem educa?

Hoje pela manhã precisei ir à R. Dr. Sansão Gomes e em frente à Prefeitura um senhor de bicicleta simplesmente virou para ir ao Bradesco sem olhar, isso em cima da curva. Na volta após sem fazer por muito tempo, porque vejo risco, resolvi parar na faixa em frente ao João Ribeiro para uns alunos atravessarem, foi que no momento um motoqueiro ULTRAPASSANDO PELA DIREITA, passou sem o menor pudor. Mas a agravante disso tudo é que tinha um policial bem na frente e não fez absolutamente nada. Se não é pra fazer nada pra que ele fica ali? Será que tinha ao menos um apito? Se ele não é do trânsito, não vejo a menor finalidade de ele estar ali.

É literalmente uma bagunça o que acontece aqui, é caminhão que limpa a carroceria em plena via pública, estacionam de qualquer maneira, é carro estacionando em local proibido.

Falando em local proibido, presenciei esse carro do IBAMA outro dia, estacionado ai, (foto abaixo). Eu pergunto a você caro leitor: Ele está errado?

A UPP/TK (UNIÃO DOS PAIS PACIENTE), agora tem um aliado de peso, trata-se da UPI/TK (UNIÃO DOS PAIS IRRESPONSÁVEIS), aqueles que compram bicicletas elétricas para seus filhos, mas sobre isso eu falo depois, quando acontecer uma “fatalidade”. A única coisa que eu posso adiantar é que ela não deixou de ser uma bicicleta. Se eu já achava que para a bicicleta comum tinham que usar capacete de ciclista, imaginem pra essa que chega a ter velocidade de uma moto.

Além desses problemas existem outros à vista, como por exemplo, a enorme quantidade de pessoas usando fone de ouvido e andando de bicicleta, teclando no celular e andando de bicicleta, menor dirigindo, falta de educação no Trânsito, 4 andando de bicicleta lado a lado, estacionamento errado.

Será que vamos ter que mudar a linguagem?
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário