terça-feira, 18 de março de 2014

Granja do Acre pode ser a primeira da região norte a produzir ovo em pó

By Wesley Moraes
Banner Ovospo
Intenção é exportar o produto para o mercado asiático

Na BR 317, próximo a divisa do Acre com o Amazonas está localizado um grande empreendimento. Dentro de sete galpões, estão centenas de milhares de aves. No total, são 105 mil animais. No local funciona a única granja da região há três anos. E como deu pra perceber, os números são altos.

Para produzir 90 mil ovos diariamente é preciso nada mais, nada menos, que 15 mil quilos de ração. A maior parte dos insumos vem de pequenos produtores da redondeza. O silo graneleiro tem capacidade para processar 350 toneladas.

Tudo começa no aviário, espaço onde ficam as poedeiras, ou seja, as galinhas que põem os ovos. Em média, elas permanecem por até um ano e dois meses. Os ovos brancos e vermelhos seguem por esteiras até o laboratório de triagem e controle de qualidade do produto.

Todo processo é automatizado. Não há contato humano, uma forma de evitar a transmissão de doença. Da retirada do ovo até a embalagem são, aproximadamente, 25 minutos. Atualmente, a granja é responsável por 53% do mercado acreano. Além disso, outros seis municípios do Amazonas também são abastecidos.

Ao todo, a granja gera 650 empregos diretos e indiretos. Até pouco mais de um ano, Antonieta Sombra era apenas dona de casa e com pouca expectativa de gerar a própria renda. Ela é auxiliar de produção. "Ser dona de casa não é fácil. Hoje está bem melhor", afirma.

E a granja quer ir além. A intenção é exportar ovo em pó para a China. Você não entendeu errado. O produto já existe, mas é pouco conhecido no país. Um dos benefícios é a durabilidade, que pode chegar a seis meses. Diferente dos 21 dias do ovo comum.

"O ovo em pó é semelhante ao processo do leite em pó. O produto é desidratado, ou seja, todo líquido é retirado. O pó serve como uma mistura", explica o empresário Diogo Figueiredo. A intenção é expandir a granja e ser autosuficiente na demanda local. Além disso, exportar o excedente para Bolívia, Peru e Rondônia.
 
fonte: agazeta.net

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Termina Prazo para Vistoria de Veículo de Leílão

O 2º Leilão Público de Veículos do município de Tarauacá, que foi realizado no dia 06 de julho, no auditório da Escola de Ensino Médio ...