quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Enfim, projeto do fuso horário do Acre é aprovado no Congresso Nacional

Em seguida, o deputado acreano afirmou que só restava desejar a todo o povo acreano que seja feliz com o retorno de seu antigo horário.
Enfim, Acre terá seu horário de volta/Foto: Ilustração
Enfim, Acre terá seu horário de volta/Foto: Ilustração
Foi uma votação rápida e histórica para todo o Acre. Como estava combinado  desde a tarde de terça-feira (8) , o presidente da Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania(CCJ) da Câmara dos Deputados,João Paulo Cunha (PT/SP), abriu a sessão  na manhã desta quarta-feira (9) e colocou logo em votação  o projeto que retoma o antigo fuso horário, de autoria do senador Pedro Taques(PDT).

O deputado Espiridião Amim(PP/SC) lembrou que com isto,,”o Acre voltaria ao 3° fuso, conforme vontade da maioria de seus habitantes”. A votação se deu por unanimidade.

Ao usar a palavra, o deputado Flaviano Melo (PMDB), autor do referendo que decidiu pela retomada do horário tradicional, disse  , bastante emocionado, que só tinha a agradecer a todos os que colaboraram com a tramitação e aprovação do projeto.

E fez questão de lembrar que o atraso para a entrada em vigor no resultado do referendo não devia ter acontecido, já que a consulta popular deveria ter entrado em vigor desde sua  homologação pela Justiça Eleitoral. ”Mas uma emenda de minha autoria vai corrigir este equívoco em futuras consultas”.

Homenagem ao Acre e sua população

Em seguida, o deputado acreano afirmou que só restava desejar a todo o povo acreano que seja feliz com o retorno de seu antigo horário.

”Foi um esforço que valeu á pena já que , com o referendo, o acreano foi às urnas e expressou livremente sua vontade.

Foi uma demonstração de democracia e respeito à cidadania. Por maioria, o povo acreano decidiu pelo retorno ao horário tradicional e viu, enfim, sua decisão respeitada. É um momento único  para a história do Acre e para o orgulho de seu povo”.

Aprovado na CCJ, o projeto agora deverá aguardar 5 sessões deliberativas para ser enviado à sanção da presidente Dilma Roussef. Flaviano lembrou ainda que o resultado da votação é causa de comemoração de todo o Estado do Acre, ”que mais uma vez mostrou que faz valer a vontade soberana de seus filhos.

Nossa própria história já diz que somos um povo guerreiro e que não nos deixamos abater nem submeter às dificuldades. Em que pese todos os obstáculos, fizemos reconhecer oficialmente  a sagrada vontade de nossa população”.

E dedicou a votação principalmente aqueles que sempre acreditaram na força da democracia."Foi meu  compromisso com a população".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vende-se Uma Casa em Tarauacá