segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Se o Dilúvio fosse hoje, a casa barco de Manoel Urbano não seria inundada

A Arca de Noé era, segundo a tradição, um grande navio construído a mando de Deus, para salvar a família de Noé e um casal de cada espécie de animais do mundo, antes que viesse o Grande Dilúvio.
 
Foi essa história, ouvida repetida muitas vezes na infância, que despertou no católico praticante, José Amaro de Souza, um talento especial: a construção de barcos, profissão que militou por mais de três décadas.
 
Hoje, aos 56 anos, ele não constrói mais barcos, mas antes de se aposentar concretizou o projeto da sua vida: a Casa do Zé, que bem poderia se chamar a ‘’Arca do Zé’’, uma casa barco, inspirada na histórica bíblica, que embalou seus sonhos quando crianças.
 
“Passei seis anos para terminar o projeto, ainda faltam alguns detalhes, mas já dar para morar”, diz orgulhoso. A Casa Barco acabou virando atração no município de Manoel Urbano-AC, onde o José mora com a esposa Rita Moura da Silva. O casal não tem filhos e vive em plena harmonia.
 
Arcadozé_in1
 
Na hora de posar para a fotografia, os dois imitam a famosa pose de Rose e Jack no filme Titanic. A casa barco mede 10mX5mt. E pequena, mas aconchegante. A parte de baixo é destinada a visitação pública e o dormitório e a cozinha ficam na parte superior.
A Casa Barco foi construída há pouco mais de um ano, Jose assegura que ficou famoso depois da construção. “Sempre tem turista que vem na cidade e já procura por nós aqui, querendo saber a história da casa“, conta.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário